Buscar esboços

Nossos Esboços

CPAD Jovens – 3º Trimestre de 2018 – 05/08/2018 – Lição 6: O milagre da multiplicação

01/08/2018

Este post é assinado por Rafael Cruz

Texto do dia

E Jesus tomou os pães e, havendo dado graças, repartiu-os pelos discípulos, e os discípulos, pelos que estavam assentados; e igualmente também os peixes, quanto eles queriam.

João 6.11

Texto bíblico

João 6.1-15

1 Depois disso, partiu Jesus para o outro lado do mar da Galileia, que é o de Tiberíades.

2 E grande multidão o seguia, porque via os sinais que operava sobre os enfermos.

3 E Jesus subiu ao monte e assentou-se ali com os seus discípulos.

4 E a Páscoa, a festa dos judeus, estava próxima.

5 Então, Jesus, levantando os olhos e vendo que uma grande multidão vinha ter com ele, disse a Filipe: Onde compraremos pão, para estes comerem?

6 Mas dizia isso para o experimentar; porque ele bem sabia o que havia de fazer.

7 Filipe respondeu-lhe: Duzentos dinheiros de pão não lhes bastarão, para que cada um deles tome um pouco.

8 E um dos seus discípulos, André, irmão de Simão Pedro, disse-lhe:

9 Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isso para tantos?

10 E disse Jesus: Mandai assentar os homens. E havia muita relva naquele lugar. Assentaram-se, pois, os homens em número de quase cinco mil.

11 E Jesus tomou os pães e, havendo dado graças, repartiu-os pelos discípulos, e os discípulos, pelos que estavam assentados; e igualmente também os peixes, quanto eles queriam.

12 E, quando estavam saciados, disse aos seus discípulos: Recolhei os pedaços que sobejaram, para que nada se perca.

13 Recolheram-nos, pois, e encheram doze cestos de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobejaram aos que haviam comido.

14 Vendo, pois, aqueles homens o milagre que Jesus tinha feito, diziam: Este é, verdadeiramente, o profeta que devia vir ao mundo.

15 Sabendo, pois, Jesus que haviam de vir arrebatá-lo, para o fazerem rei, tornou a retirar-se, ele só, para o monte.

INTRODUÇÃO

A Paz do Senhor querido leitor do nosso blog!

Jesus continua seu ministério voltando agora para a Galileia. Ali ele se retira para um monte, mas uma multidão o continua seguindo em busca de sinais e maravilhas. Jesus se compadece da multidão e mostra através desse milagre, seu poder e seu amor para com todos.

I – O CENÁRIO E AS CIRCUNSTÂNCIAS DA NARRATIVA

1 – Jesus volta à Galileia

Vimos nas lições anteriores que o ministério de Jesus foi realizado na região conhecida como Palestina. Segundo o Dicionário Wycliffe, o nome Palestina foi originalmente empregado por Heródoto (século V a.C.) numa alusão aos filisteus, que incluiu nessa designação a Fenícia situada ao norte. Entretanto, tal termo ganhou mais evidência em 135 d.C., quando o Imperador romano Adriano substituiu o nome da região da Judeia por Síria Filisteia, na tentativa de acabar a forte ligação dos israelitas com a terra sagrada, após a revolta judaica liderada por Simão Bar Kochba contra o Império Romano. Nessa mesma época, o nome de Jerusalém foi alterado pelos romanos para Aelia Captolina. Entretanto, a Bíblia não menciona a palavra Palestina, chamando a região de Canaã (Sl 105.11), terra de Israel (Mt 2.19-21), terra da promessa (Hb 11.9) e terra santa (Zc 2.12).

É justamente dentro desse espaço que Jesus transita em suas regiões. Galileia, Judeia e Samaria eram os nomes das suas principais regiões (Jo 4.3-7).

Jesus estava em Jerusalém onde realizou o milagre do paralitico no tanque de Betesda e em seguida discursou falando sobre sua autoridade baseada no seu relacionamento especial com o Pai. Com isso os judeus já iniciaram sua perseguição junto a Jesus, pois perceberam claramente que Ele estava afirmando ser igual a Deus.

Após o discurso, Jesus volta para a região da Galileia. Essa região é famosa por conta do Mar da Galileia.

O Mar da Galileia, também conhecido como Mar de Tiberíades, ou ainda Lago Kineret ou de Genesaré (fronteira entre Israel, Cisjordânia e Jordânia). É abastecido pelo rio Jordão, o mesmo no qual Jesus foi batizado por seu primo João Batista.

Ao redor dele estão importantes cidades (Tiberíades — fundada por Herodes Antipas ao tempo da infância de Jesus, Cafarnaum, Betsaida e Genesaré, entre outras). Hoje Tiberíades é a localidade principal nas margens do lago. A nordeste deste lago ficam os montes Golã antes conhecidas como colinas Sírias.

O grande lago é a maior massa de água doce de Israel, com profundidade máxima de 43 metros. A 208 metros abaixo do nível do mar, é o segundo lago mais baixo do mundo, perdendo apenas para o Mar Morto (também um lago, mas de água salgada).

2 – A multidão e os sinais

Multidões atrás de sinais e maravilhas não é algo dos nossos dias. Vejamos que isso já acontecia nos tempos de Jesus. Aquelas multidões não eram verdadeiros discípulos. Jesus conhecia-lhes o coração e não confiava no “crer” deles, pois se tratava de um crer interesseiro, baseado na troca, na barganha, na observação de sinais que Jesus podia fazer e não no próprio Jesus.

Se fizermos uma comparação do chamado dos verdadeiros discípulos, Jesus quando os chama não faz nenhum milagre, apenas os convida a segui-lo. Eles deixaram tudo e seguiram o Mestre apenas por acreditar em sua palavra.

A multidão que adora sinais e manifestação de poder, na verdade, é composta em boa parcela por falsos discípulos que estão atrás apenas do seu “eu”. As pessoas estavam seguindo Jesus apenas para satisfazer suas necessidades básicas e não para arrependimento dos pecados e mudança de vida.

Jesus respondeu-lhes e disse: Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes. João 6:26

3 – A época e o “local”

Por Rafael Cruz

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada