Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

CPAD Adultos – 1º Trimestre de 2020 – 26-01-2020 – Lição 4: Os atributos do ser humano

24/01/2020

Este post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não tem entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio, para que se não atirem a ti.” – Salmo 32.9

Verdade Prática

Criado à imagem de Deus, o homem é um ser espiritual, racional, livre e criativo; sua missão primordial é glorificar o Criador e Mantenedor de todas as coisas.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Romanos 12.1-10

1 Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. 

2 E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

3 Porque, pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não saiba mais do que convém saber, mas que saiba com temperança, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um. 

4 Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, 

5 assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros. 

6 De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada: se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; 

7 se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino; 

8 ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.

9 O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. 

10 Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. 

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra versão, a mesma é mencionada.

Nesta Lição aprenderemos juntos sobre as propriedades peculiares com as quais Deus criou o homem.

Os Atributos do Ser Humano, ou seja, as coisas próprias, os predicados, as coisas inerentes ao Ser Humano, as quais foram dotadas por Deus na sua (do homem) criação.

Estes atributos nos assemelham ao nosso Criador e dá-nos dignidade.

Em Adão, perdemos tanto a imagem de Deus quanto ganhamos a imagem terrena, quanto perdemos a posição de dignidade, por causa do pecado.

Em Cristo, pela Sua gloriosa salvação, ganhamos a imagem Dele, e somos elevados e restaurados na dignidade. Nós nos apropriamos, pela fé, da dignidade que há em Cristo Jesus.

Apocalipse 5.12 – “Digno é o Cordeiro…” 

I Coríntios 15.45 e 47 – “Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão, em espírito vivificante. O primeiro homem, da terra, é terreno; o segundo homem, o Senhor, é do céu.” 

I Coríntios 15.49 – “E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial.”

I – A ESPIRITUALIDADE HUMANA

1 – A origem divina de nosso espírito

Gênesis 2.7 – “E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.”

Deus não criou o homem do nada, mas o formou, ou seja, moldou o homem do barro. A metáfora é a do Oleiro que molda o barro.

E nesta criatura inerte, feita do pó da terra (e isto destaca a nossa fragilidade),  o nosso bendito Deus soprou em suas narinas o fôlego da vida.

Um dom direto de Deus!

Este sopro da vida trouxe-nos a vida natural e espiritual. A temporal e a eterna.

2 – O anseio natural do espírito humano 

“Fizeste-nos, Senhor, para Ti, e o nosso coração anda inquieto enquanto não descansar em Ti.”  – Santo Agostinho.

O salmista Davi escreveu o Salmo 42, que é um masquil, ou seja, um salmo de instrução. Já na introdução ele nos ensina (versículos 1º e 2)  ilustrando bem o que é próprio do espírito do homem : “Como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?”

Assim também o nosso espírito anseia por Deus!

Observem que a sede é mais veemente do que a fome. Causa mais impaciência. Por isso o verbo ´bramar, suspirar”, que noutras traduções são os sinônimos ´arfar, ofegar, ansiar, gritar´, ilustram o vazio que o homem tem dentro de si, e anela que seja preenchido pela Presença de Deus, pela grande salvação em Cristo Jesus.

John Knox (1514-1572), pregou sobre este Salmo, sobre o anelo que o homem tem dentro de si, pelo Seu glorioso Criador:

“Meus amigos, é nosso privilégio, além do privilégio do salmista, conhecer no Evangelho, a Cristo! Cristo que nos dado, a toda a humanidade, por Deus Pai. Sua alma tem sede do Alto? Você pode encontra-lo se puder arrepender-se. Se anelar, se desejar, se perseverar para cumprir os Seus mandamentos. Em Cristo, somente em Cristo, você pode achar satisfação.”

Eis a pregação da simplicidade do Evangelho!

3 – A revivificação do espírito humano

Revivificar é dar vida novamente. A morte de Cristo deu-nos vida.

Efésios 2.1“E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados.”

Um morto não pode herdar. Um morto espiritualmente também não herda o Reino de Deus.

O Senhor Jesus nos vivificou porque quando mortos em ofensas – grego, paraptóma: sentido moral, cair ao lado, transgredir, passo em falso, desvio da verdade, errar ainda que não deliberadamente – e pecados – grego, hamartia: falha no sentido ético, ação pecaminosa, perda por não atingir a meta, errar o alvo. (Strong). Portanto, estando assim mortos não tínhamos movimento, nem sensibilidade, nem satisfação e nem poder restaurador.

E o Senhor Jesus nos vivificou, e nos ressuscitou (versículos 5 e 6) assim como chamou a Lázaro: “Sai para fora”, a Graça nos alcançou.

Hoje, estamos sensíveis ao amor de Deus. Temos nova vida em Cristo Jesus. Sensíveis também ao pecado, para o repudiarmos.

Hoje, vivificados, usufruímos das alegrias e bênçãos que incluídas na salvação.

Hoje, vivificados, milagrosamente somos nova criatura!

Os Evangelhos registram três ressurreições operadas pelo nosso Senhor Jesus:

1 – a menina, filha de Jairo, dentro de casa – Marcos 5.38 e 41: ”E, tendo chegado à casa do principal da sinagoga… E, tomando a mão da menina, disse-lhe: Talitá cumi, que, traduzido, é: Menina, a ti te digo: levanta-te.”

2 – o filho da viúva de Naim, na fronteira entre o campo e a entrada da cidade – Lucas 7.11 a 17 – O Senhor Jesus foi a Naim, e perto da porta da cidade, encontrou-se com uma grande multidão levando um defunto. Lucas 7.14 e 15 – “E, chegando-se, tocou o esquife (e os que o levavam pararam) e disse: Jovem, eu te digo: Levante-te. E o defunto assentou-se e começou a falar. E entregou-o à sua mãe.”

3 – a Lázaro, já morto há quatro dias. Lucas 11.43 – “E, tendo dito isso, clamou com grande voz: Lázaro, vem para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o e deixai-o ir.”

Aleluia! Cristo é poderoso para ressuscitar a quem está morto dentro de casa – congrega na vida da igreja mas está insensível espiritualmente; a quem está morto no limiar da igreja com o mundo (como se diz popularmente entre nós: “Um pé na igreja e outro no mundo”); a quem está morto neste mundo tenebroso, no lamaçal do pecado, cheirando mau por causa dos pecados: “… sai para fora”!  

II – A RACIONALIDADE HUMANA

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que apoiamos o seguinte trabalho evangelístico:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada