Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

CPAD Adultos – 1º Trimestre de 2020 – 16-02-2020 – Lição 7: A queda do ser humano

13/02/2020

Este post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram.”  – Romanos 5.12

Verdade Prática

Ao pecar contra Deus, o homem perdeu o completo domínio sobre a criação e tornou-se vulnerável à morte; em Cristo, porém, temos o Reino e a vida eterna.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Gênesis 3.1-7 

1 Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? 

2 E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, 

3 mas, do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. 

4 Então, a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. 

5 Porque Deus sabe que, no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. 

6 E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. 

7 Então, foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra versão, a mesma é mencionada.

Gênesis 3.1 na Atualizada, apresenta de imediato o motivo deste ser, certamente, o mais triste capítulo da Bíblia:

“Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o Senhor Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?”

A doutrina implícita, não manifesta de imediata, neste capítulo 3 de Gênesis é a que esta sintetizada por Paulo em Romanos 5.12.

“Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram.”  

O nosso texto áureo desta Lição 7. Esta doutrina, aqui latente, vem à tona como revelação completa no Novo Testamento.

Porém, como o pecado entrou no mundo?

A explicação está neste capítulo 3 de Gênesis.

Aqui temos três fatos:

1 – A tentação;

2 – A concordância;

3 – A consequência.

E é o que aprenderemos juntos nesta importante Lição 7 – A Queda do Ser Humano.

I – O LIVRE-ARBÍTRIO DO SER HUMANO

1 – O livre-arbítrio

O livre-arbítrio define que os atos de uma pessoa são causados por ela mesma. Uma criança pode até sofrer – para o bem e o para o mal – as consequências das escolhas de seus pais, mas o livre-arbítrio ensina que não são causas determinantes para a conduta, para o comportamento responsável da pessoa.

Deus nos concedeu o livre-arbítrio e, portanto, os mandamentos de Deus estão permeados com um ´deve´ divino para o homem, o que subentende que o homem pode e deve responder de modo positivo aos Seus mandamentos.

A responsabilidade de obedecer aos mandamentos de Deus causa necessariamente a capacidade de corresponder a eles, mediante a Graça de Deus que nos capacita.

O livre-arbítrio é perfeitamente compatível com a soberania de Deus e a responsabilidade do homem.

I Reis 18.21 – “Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; e, se Baal, segui-o. Porém o povo lhe não respondeu nada.”

Reflita sobre suas escolhas mais decisivas para esta vida e a do porvir! 

2 – A soberania divina   

A doutrina da Soberania de Deus abrange que Ele é Rei, Supremo e Legislador do universo.

Salmo 115.3 – “Mas o nosso Deus está nos céus e faz tudo o que lhe apraz.”

Efésios 1.11 diz-nos que Ele “faz todas as coisas conforme o conselho da Sua vontade.”

A soberania de Deus é exercida e demonstrada:

1 – na obra da criação;

2 – nas obras de providências;

3 – na obra de redenção.

Na criação fez os céus e a terra, e coisa alguma é demasiadamente maravilhosa para Ele – Jeremias 32.17 a 23.

Quanto às Providências divinas, Deus também sustenta e governa soberanamente, o mundo criado. Ele governa os homens e as nações – Atos 14.15 a 17.

A obra de redenção, obra da Graça soberana, manifesta-se assim:

A – Deus promete;

B – Deus sela;

C – Deus opera a obra de redenção.

A mais antiga confissão dos crentes em Cristo era simplesmente:

“Jesus Cristo é o Senhor.” – Filipenses 2.11

Por outro lado, a Soberania de Deus e a responsabilidade do homem são aparentemente paradoxais, por estarem além da capacidade de compreensão do homem, mas não são contraditórias.

A Soberania de Deus e o livre-arbítrio não são excludentes. Deus usa os meios humanos na História para realizar os Seus eternos propósitos, mas tais meios nunca envolvem coerção. A ordem de Deus ao homem é para viver de acordo com a Seus mandamentos soberanos.  – Mateus 22. 37 e 38.

Deus, porém, efetua a Sua vontade mesmo através das ações pecaminosas, maldosas e desobedientes dos homens.

Gênesis 50.20 – “Vós bem intentastes mal contra mim, porém Deus o tornou em bem.”

Do mal Deus é Soberano para tirar o bem.

A crucificação de Cristo, certamente a maldade das maldades, ocorreu sob o “determinado desígnio e presciência de Deus”, porque os que O crucificaram fizeram “tudo que a Tua mão e o Teu propósito predeterminaram.” – Atos 2.23 – Atos 4.27 e 28 e João 19.11.

3 – A responsabilidade humana

 O homem foi criado conforme a imagem e semelhança de Deus e a ele foi dada a responsabilidade de escolher.

O homem é moralmente responsável pelas suas decisões.

Billy Graham (1918-2018) pregou certa vez sobre o jovem rico – Lucas 18.18 a 27 – Mateus 19. 16 a 30 – Marcos 10. 17 a 31 – do moço que se aproximou do Senhor Jesus  – a Pessoa certa para aproximar-se – e perguntou-Lhe a pergunta certa: “Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna?”

“Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo com a ti mesmo.”  – Mateus 19.18 e 19

O Senhor Jesus respondeu-lhe citando os mandamentos tão bem conhecidos. Ele argumentou que os obedecia desde quando era jovenzinho.

“Que me falta ainda?” – Mateus 19.20

Diante da resposta do Senhor Jesus para desapegar-se de seus bens materiais, e escolher a  bênção de um tesouro no céu, vir e seguir ao Senhor Jesus, ele retirou-se muito triste, pois era rico. Fez a escolha errada.

Billy Graham comparou ilustrativamente que os anos passaram-se e este homem acumulou muitos bens e houve um tempo que suas propriedades produziram com abundância.

E ele decidiu construir celeiros maiores dos que tinha, recolhendo a produção excelente, guardando assim o que chamou de ´os meus bens´Lucas 12. 13 a 21.

E projetou muitos anos e muitos bens.

Eis aqui ilustrado o ato livre  de decidir do homem.

Deus disse e escreveu antecipadamente em sua sepultura:

“Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será?” – Lucas 12.20

Eis aqui ilustrado a Soberania de Deus e a responsabilidade humana.  

II – A QUEDA, UM EVENTO HISTÓRICO E LITERAL

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que apoiamos o seguinte trabalho evangelístico:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada