Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

CPAD Adultos – 1º Trimestre de 2020 – 15-03-2020 – Lição 11: O homem do pecado

13/03/2020

Este post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“E, então, será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca e aniquilará pelo esplendor da sua vinda.” – II Tessalonicenses 2.8

Verdade Prática

O Homem do Pecado, a encarnação máxima da maldade, será destruído por Jesus Cristo – o Homem Perfeito.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

2 Tessalonicenses 2.1-15

1 Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e pela nossa reunião com ele, 

2 que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o Dia de Cristo estivesse já perto. 

3 Ninguém, de maneira alguma, vos engane, porque não será assim sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, 

4 o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. 

5 Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? 

6 E, agora, vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado.

7 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que, agora, resiste até que do meio seja tirado; 

8 e, então, será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; 

9 a esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais, e prodígios de mentira, 

10 e com todo engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. 

11 E, por isso, Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira, 

12 para que sejam julgados todos os que não creram a verdade; antes, tiveram prazer na iniquidade.

13 Mas devemos sempre dar graças a Deus, por vós, irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito e fé da verdade, 

14 para o que, pelo nosso evangelho, vos chamou, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. 

15 Então, irmãos, estai firmes e retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra versão, a mesma é mencionada.

Por primeiro, exortamos a que nenhum crente no Senhor Jesus Cristo se inquiete em tentar identificar a quem seria o Anticristo.

Pela revelação das Escrituras, sabemos que não será figurado. Ele será um ser literal, ou seja, exatamente como a Bíblia o descreve.

A esperança das esperanças dos servos do Senhor é a vinda gloriosa de nosso amado Senhor Jesus!

Por outro lado, inclui-se também, na esperança do crente, a bênção de não ver o Anticristo, antes participarmos do arrebatamento da Igreja!

E em II Tessalonicenses 2, o apóstolo Paulo apresenta um quadro mais detalhado do arqui-inimigo de Cristo, caracterizado como ´homem do pecado´ e ´o iníquo´ – versículos 3 e 8 – que reivindica o que é exclusivo da Divindade – versículo 4 – enganando a muitos com os seus sinais pelo poder satânico. Ele agirá num ambiente de rebeldia que já opera, ao qual Paulo chama de ´o mistério da iniquidade´ – versículo 7. Quando a poderosa mão refreadora de Deus, que hoje contém a anarquia maligna, for retirada, então, este homem será a encarnação plena da iniquidade.

Mas, o seu destino final já está decretado: Cristo o desfará com o sopro de Sua boca e com o brilho da Sua vinda – versículo 8.

Jesus Cristo é o Senhor!

I – O HOMEM DO PECADO

1 – Origem do Homem do Pecado

Anticristo: substantivo grego, antixristo: aquele que se opõe a Cristo. Ocorre somente nas Cartas de João e por cinco vezes: I João 2.18 (duas vezes), 2.22; I João 4.3 e II João 1.7. (Strong).

Porém, o conceito de haver um arqui-inimigo de Deus e do Senhor Jesus, o Messias enviado por Deus, é encontrado desde o Antigo Testamento.

Não se trata de uma descrição completa, mas parcial. Porém, suficiente para identificar nessas descrições, o inimigo que se opõe a Deus, aos servos de Deus e ao Povo de Deus, Israel.

Alguns homens, de extrema má fama devido às suas maldades, são classificados como “filhos de Belial”, ou seja, “inúteis” e “sem valor”. Assim chamados por causa dos pecados (e outros mais)  de idolatria, sodomia e estupro (Juízes 19.22 e 20.13), embriaguez (I Samuel 1.16), desrespeito à autoridade (o Anticristo no Novo Testamento é um ser contrário à lei e à ordem) – leia I Samuel 10.27 e II Crônicas 13.7.

No Salmo 2, lemos da vã conspiração das nações reunidas contra o Rei ungido por Deus, prefigurando a ideia do Anticristo.

O mais escatológico capítulo do livro do profeta Daniel, ou seja, o capítulo 7, retrata a derrota do último inimigo de Deus, no curso da História, e o capítulo 8 de Daniel descreve um soberano monárquico por demais odiado pelos judeus em razão da sua iniquidade pessoal e da perseguição horrível e maligna que fez contra a prática religiosa deles.

Certamente, em termos históricos, trata-se de Antíoco Epifânio (175-163 a. C.), a própria personificação do mal. Tudo isso e mais, reforça o vínculo entre a profecia de Daniel e a revelação descritiva do Anticristo no Novo Testamento.

Outras figuras no Antigo Testamento são prefigurantes do Anticristo:

1 – Caim – nasceu em um lar onde o protoevangelho foi pregado. Cresceu ouvindo sobre a Criação, a Queda e os animais sacrificados para cobrir a nudez de seus pais. Aprendeu a adorar a Deus e erguer um Altar. E quis cultuar a Deus da sua própria maneira, e não segundo a vontade de Deus. A maldade estava no homem interior de Caim, no seu coração. E foi o primeiro homicida da História. E tornou-se tipo do Anticristo.

2 – Faraó – oprimiu ao Povo de Israel, sempre tentando impedir a Israel de sair para adorar a Deus. Com maldade extrema, quis matar as crianças homens que nascessem das mulheres judias. Imaginem os sofrimentos e aflições dos pais judeus daquela época. Faraó era opositor a Deus e contra o Seu Povo. É modelo do Anticristo.

3 – Hamã – Ester 3 – na época do Império Medo Persa, Hamã, que era o segundo no reino, decreta que todos os judeus fossem mortos num dia, escolhido através de dados jogados. E numa fúria contra Mardoqueu, que não se inclinava e nem se prostrava diante dele, incluiu na sua disposição de maldade, a todos os judeus. O intento de destruir é característica do Anticristo. Assim como Hamã tentou ajuntar todos do Reino Medo Persa para matarem aos judeus, o Anticristo também ajuntará todas as nações da terra contra Israel,  ao final da Grande Tribulação, tentando destruir a Israel e Jerusalém. Hamã é tipo do Anticristo. Mas a Poderosa mão de Deus aniquilou a Hamã, exaltou Mardoqueu e trouxe o Seu Povo de volta a Israel, onde o Messias nasceria. A mesma mão poderosa intervirá e, desde já, está decretada a aniquilação do Anticristo!

Graças a Deus que servimos a este Deus Vencedor de todas as batalhas! Nele, por Cristo Jesus,  temos paz e segurança!

2 – Títulos do Homem do Pecado

1 – Anticristo – que aparece somente nas Cartas de João, como já registramos acima – I João 2.18;

2 – Ímpio – Isaías 11.4;

3 – “Pequeno chifre” ou ponta – Daniel 7.7;

4 – Besta – Daniel 7.11 e Apocalipse 13;

5 – Príncipe que há de vir – Daniel 9.26 e 27;

6 – O assolador – Daniel 9.27;

7 – O rei que age conforme sua própria vontade – Daniel 11.36 a 39;

8 – Homem do pecado – I Tessalonicenses 2.3;

9 – Filho da perdição – I Tessalonicenses 2.3.

10 – Iníquo – I Tessalonicenses 2.8.

Há outros títulos anotados por diversos estudiosos da Bíblia. Porém, estes são os principais.

3 – A natureza do Homem do Pecado

I Tessalonicenses 2.4 – “O qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.”

O original grego traz a ideia e o sentido amplo do início do versículo: “o oponente e exaltador de si mesmo.”

Esta é a principal natureza dele.

Apesar de não podermos confundir o próprio Satanás com o seu ministro humano, a palavra ´oponente´ e ´adversário´ é uma tradução muito próxima do nome ´Satanás´, passando até a ser um sinônimo para ele, porque eles tem natureza similar.

A sua natureza satânica o distingue como o grande opositor do grande plano que Deus revelou para a salvação da humanidade. E opositor daqueles que creem no Evangelho de Jesus Cristo.

A sua natureza é, em absoluto, portanto, de inimigo de Deus, concentrando em si, tudo  e absolutamente tudo que é hostil, tudo que é  de mais repugnante contra Deus e a Pessoa bendita do Senhor Jesus, contra Israel e contra a Igreja.  

II – A MISSÃO DO HOMEM DO PECADO

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que apoiamos o seguinte trabalho evangelístico:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada