Ensinando e fazendo Missões

Acesse os esboços por categorias


Buscar no blog

Nossos Esboços

CPAD Adultos – 1º Trimestre de 2019 – 17-03-2019 – Lição 11: Discernimento de espíritos – Um dom imprescindível

14/03/2019

Este post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.” – I Coríntios 2.15

Verdade Prática

O discernimento de espíritos é um dos dons espirituais concedidos aos crentes, em Jesus; ele nos capacita a distinguir o real do aparente e a verdade da mentira.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Atos 16.16 a 22

16 E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao encontro uma jovem que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. 

17 Esta, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo. 

18 E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E, na mesma hora, saiu.

19 E, vendo seus senhores que a esperança do seu lucro estava perdida, prenderam Paulo e Silas e os levaram à praça, à presença dos magistrados. 

20 E, apresentando-os aos magistrados, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbaram a nossa cidade. 

21 E nos expõem costumes que nos não é lícito receber nem praticar, visto que somos romanos. 

22 E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas.       

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra versão, a mesma é mencionada.

Imprescindível significa necessário, indispensável, útil, relevante, essencial, fundamental.

E, de fato, na batalha espiritual que travamos diariamente, necessitamos do dom de discernimento de espíritos.

Os dons espirituais estiveram ausentes da vida da Igreja ao longo de séculos. Mas, desde o Século XIX, Deus tem restaurado esta bênção e traz-nos oportunidade e necessidade de ensinamento sobre o tema.

I Coríntios 12.1 – “Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.”

O assunto desta Lição 11 não é focado nos dons espirituais. Portanto, vamos resumir com simplicidade.

As referências bíblicas sobre os dons espirituais são Romanos 12.3 a 8; I Coríntios 12. 8 a 10; I Coríntios 12. 28 a 30. Mas, quando referimos a dons espirituais, limitamo-nos às nove manifestações listadas em I Coríntios 12.8 a 10. E assim são classificados:

A – Dons Verbais –

1 – Variedade de línguas;

2 – Interpretação das línguas;

3 – Profecia.

B – Dons de Revelação –

1 – Palavra de Sabedoria;

2 – Palavra da Ciência (ou Conhecimento);

3 – Discernimento de espíritos.

C – Dons de Poder –

1 – Dom da Fé;

2 – Dons de Curar;

3 – Dom de operação de maravilhas.

Dons verbais referem-se ao atributo da Onipresença de Deus.

Dons de revelação referem-se ao atributo divino da Onisciência de Deus.

Dons de poder referem-se ao atributo da Onipotência de Deus.

O dom de discernir os espíritos capacita a Igreja fornecendo informações que não estão disponíveis de nenhuma outra maneira.

Observe que é o terceiro dos dons de revelação, nesta singela divisão acima.

O dom de discernir os espíritos é dado pelo Espírito Santo para que o crente possa penetrar na esfera espiritual e distinguir se o espírito é de Deus, se é um mau espírito ou é o espírito humano. Assim, discernimos a fonte das ações, dos ensinamentos, das circunstâncias na vida da Igreja.

Na narrativa dramática de Atos capítulo 16, sobre a jovem com o espírito de adivinhação, o apóstolo Paulo expulsou o mau espírito que vinha até com facilidade enganando o povo e poderia enganar também a servos do Senhor Jesus.

Apesar da declaração verdadeira: “Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo.” – Atos 16.17 – Paulo era um homem espiritual, e discerniu que havia um mau espírito na jovem. Por que um espírito mau apresentaria os apóstolos com esta frase? Porque queria igualá-los à jovem adivinhadora, enganando os ouvintes a pensarem que os “servos do Deus Altíssimo” eram como a jovem adivinhadora.

Mas, Paulo era um homem espiritual, discerniu isso, e expulsou-o em nome poderoso do Senhor Jesus!

Você tem sido um homem espiritual nestes dias difíceis de ser crente – I Timóteo 3.1?

O pastor norte americano Aiden Wilson Tozer, mais conhecido como A. W. Tozer (1897-1963), propõe o que caracteriza um homem espiritual:

“ 1- Primeiro é o desejo de ser santo, antes que ser feliz.

2 – O homem pode ser considerado espiritual quando quer ver a honra de Deus promovida através da sua vida, mesmo que isto signifique que ele próprio deva sofrer desonra ou perda temporária.

3 – O homem espiritual deseja levar a sua cruz. Muitos cristãos aceitam a adversidade ou a tribulação como um suspiro e dizem que é a sua cruz, esquecidos de que essas coisas sobrevêm igualmente ao santo e ao pecador. A cruz é aquela adversidade extraordinária que nos sobrevêm como resultado da nossa obediência a Cristo. Esta cruz não nos é imposta; nós a tomamos voluntariamente com pleno conhecimento das consequências.

4 – Ainda, o cristão é espiritual quando vê todas as coisas do ponto de vista de Deus. A capacidade de pesar todas as coisas na balança divina, e de atribuir-lhe o mesmo valor atribuído por Deus, é sinal de vida cheia do Espírito.

5 – Outro desejo que caracteriza o homem espiritual é morrer com retidão antes que viver no erro.

6 – O desejo de ver outros progredirem às suas custas é outra característica do homem espiritual. Quer ver outros cristãos acima dele, e fica feliz quando eles são promovidos e ele é deixado de lado.

7 – O homem espiritual habitualmente faz julgamentos segundo a eternidade, e não julgamentos temporais.”

I – DISCERNIR E DISCERNIMENTO

1 – O verbo “discernir”

Discernir: de dois verbos grego anakrinó e diakrinó.

Aná, “para cima, completando um processo”, mais krinó, “selecionar julgando e separando”. Ou seja, distinguir julgando com intensidade e examinando de perto, através de um processo cuidadoso, avaliando e julgando.

No mundo antigo era uma palavra jurídica forense. Julgar até a conclusão necessária.

Outras acepções são: avaliar, perguntar, chamar à prestação de contas, examinar, julgar, investigar, escrutinar, questionar, determinar a excelência ou os defeitos de uma pessoa ou coisa.

Ocorre por 16 (dezesseis) vezes no Novo Testamento.

  • Uma vez em Lucas: 23.14.
  • Cinco vezes em Atos dos Apóstolos: 4:9; 12:19; 17:11; 24.18 e 28: 18.
  • Dez vezes em Iª Coríntios: 2:14; 2:15; duas vezes em 4:3; 4:4; 9:3; 10:25; 10:27 e 14:24.

Já o verbo grego diakrinó tem a definição curta de ´separar´, ´discernir uma coisa da outra´. Dia, ´em pedaços´ e krinó, ´separação´.

Ocorre por 19 (dezenove) vezes no Novo Testamento. Uma vez em Marcos, duas vezes em Mateus, Romanos e Judas, três vezes em Tiago, quatro vezes em Atos e cinco vezes em Iª Coríntios.

(Concordância Exaustiva de Strong e Léxico Grego de Thayer).

2 – O substantivo “discernimento”

I Coríntios 12.10 – “…a outro, discernimento de espíritos…” – Almeida Revista e Atualizada.

Diacrisis: substantivo feminino grego, definido como ´o ato de julgar´. Para discernir o que aparentemente é parecido. Distinguir coisas que parecem serem as mesmas.

Trata-se também de uma palavra de estimativa judicial.

Léxico Grego de Thayer propõe para melhor diferenciar das palavras anteriores, o sentido de ´discernimento distinto e perspicaz´.

Ocorre somente por três vezes no Novo Testamento:

  • Romanos 14.1 – “…não em contendas sobre dúvidas.” – mas não com o propósito de julgar. Não para disputas duvidosas.
  • I Coríntios 12.10 – “…e a outro, o dom de discernir os espíritos…” – na Atualizada, ´discernimento´. Distinção de espíritos.
  • Hebreus 5.14 – “…têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.” Onde diz que a comida sólida se relaciona com as pessoas maduras – especialmente, de caráter cristão completo – com aqueles que tem as faculdades sensoriais treinadas, exercitadas, pelo hábito, a distinguir o que é bom em combinação com o que é mal.

(Strong e Léxigo Grego de Thayer).

3 – Atualidade 

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Copyright Março 2017 © EBD Comentada