Ensinando e fazendo Missões

Buscar esboços

Nossos Esboços

Central Gospel Jovens e Adultos – 3º Trimestre de 2018 – 16-09-2018 – Lição 11: Ezequias, Modelo de Firmeza e Fé

13/09/2018

Esse post é assinado por Wilson Pacheco Sarmento

TEXTO BÍBLICO BÁSICO 

2 Crônicas 32.1-8

1 – Depois dessas coisas e dessa fidelidade, veio Senaqueribe, rei da Assíria, e entrou em Judá, e acampou-se contra as cidades fortes, e intentou separá-las para si.

2 – Vendo, pois, Ezequias que Senaqueribe vinha e que o seu rosto era de guerra contra Jerusalém,

3 – teve conselho com os seus príncipes e os seus varões, para que se tapassem as fontes das águas que havia fora da cidade; e eles o ajudaram.

4 – Assim, muito povo se ajuntou e tapou todas as fontes, como também o ribeiro que se estendia pelo meio da terra. E disseram: Por que viriam os reis da Assíria e achariam tantas águas?

5 – E ele se fortificou, e edificou todo o muro quebrado até às torres, e levantou o outro muro para fora, e fortificou a Milo na Cidade de Davi, e fez armas e escudos em abundância.

6 – E pôs oficiais de guerra sobre o povo, e ajuntou-os a si na praça da porta da cidade, e falou-lhes ao coração, dizendo:

7 – Esforçai-vos e tende bom ânimo; não temais, nem vos espanteis por causa do rei da Assíria, nem por causa de toda a multidão que está com ele, porque há um maior conosco do que com ele.

8 – Com ele está o braço de carne, mas conosco, o SENHOR, nosso Deus, para nos ajudar e para guerrear nossas guerras. E o povo descansou nas palavras de Ezequias, rei de Judá.

TEXTO ÁUREO 

E disse: Ah! SENHOR lembra-te, peço-te, de que andei diante de ti em verdade e com coração perfeito e fiz o que era reto aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo. Isaías 38.3

OBJETIVOS 

Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá: 

  • Saber que em um tempo de apostasia de Judá, Ezequias renovou a Aliança com o Senhor, restaurando a adoração e o Templo;
  • Compreender que o Senhor livra aqueles que Nele confiam e os protege poderosamente;
  • Responder às seguintes questões: Quais atitudes de fé Ezequias demonstrou? Quais foram suas atitudes equivocadas?

Palavra introdutória

Estima-se que Ezequias reinou nos anos 715-686 a.C. (alguns consideram o período de 726-697 a.C.), em todo o caso, foi à época em que grande parte do Reino do Norte – Israel – devido à sua idolatria, havia sido levada cativa pelos assírios. Assim, era um período de opressão espiritual e de insegurança, com perspectivas de um futuro deprimente.

É interessante observar que, nos livros de Reis e de Crônicas, a vida de Ezequias é relatada sob perspectivas diferentes:

O livro de 2º Reis ressalta as reformas políticas e morais implementadas por Ezequias, enquanto 2º Crônicas relata detalhadamente sobre a purificação do Templo e o restabelecimento dos cultos, incluindo a festa da Páscoa, aspectos estes que são totalmente omitidos em 2º Reis.

Portanto nesta lição passaremos a estudar a pessoa e acontecimentos do Rei Ezequias.

Bons estudos!

1 – A RENOVAÇÃO DA ALIANÇA COM O SENHOR

Ezequias, filho de um mau rei, felizmente não aprendeu com o pai a desrespeitar a fé tradicional do povo; parece até que nele tudo era contrário aos costumes da corte de Acaz. Não sabemos bem a que se deva esta mudança, se as dolorosas experiências havidas com tremendos sofrimentos do povo e da fé, se a sua mãe Abia, filha de Zacarias. Somos de parecer que esta mulher, uma das esposas de Acaz, dirigiu os passos do filho numa direção diferente da do marido. Isto nos mostra que a decadência religiosa de um certo monarca não era avassaladora, de maneira a envolver todos e tudo. Haveria sempre elementos, na corte, destoando dos rumos oficiais.

Não sabemos a que atribuiu o caráter de Ezequias, pois, tão logo subiu ao poder, a primeira medida foi abrir ou reabrir o Templo fechado pelo seu pai. Possivelmente, durante os anos de co-regência, teve oportunidade de ver como era perigoso o afastamento da lei de Deus, e o desprezo pela verdadeira fé.

Portanto por todos os motivos conhecidos e   desconhecidos, vamos agora estudar a vida e obras de um monarca igual a bem pouco de Judá.

Tinha 25 anos de idade quando assumiu a direção dos negócios do Estado, e reinou apenas 29 anos. Ao todo, viveu 54 anos de idade, o que nos parece muito pouco. Não sabemos por que a maioria dos reis vivia pouco, quer os bons, quer os maus.

1.1 – A restauração da adoração e do templo do Senhor

Os livros de Crônicas têm especial interesse em destacar a vida de Ezequias como a de um dos mais nobres reis de sua nação, muito afeiçoado aos alvos do Reino ideal.

No primeiro ano do seu reinado, no primeiro mês, mandou abrir as portas do Templo. Vemos que, tão pronto assumiu a direção dos negócios, a primeira medida foi reabrir o Templo e proceder a sua limpeza. Por isso o escritor nos diz que ele fez o que era reto perante o Senhor. Acaz não tinha apenas fechado as portar do Templo, mas quebrado tudo, e até as portas estavam arruinadas. Ezequias trouxe os sacerdotes e os levitas e reuniu-os na praça oriental, possivelmente em frente ao Templo.

Atualmente não se pode fazer uma avaliação exata da situação do Templo naqueles dias; tomando-se, porém, por base a suposta pedra sobre a qual Abraão ia oferecer seu filho Isaque, e que deveria estar bem no centro, como atualmente está na Mesquita de Omar, então havia, virada para o Oriente, uma imensa área que servia para o estacionamento do povo que vinha ao culto oferecer os sacrifícios. Seria necessário procurar calcular o que seria esta área e pode dizer que compreendia uma praça de uma cidade de nossos dias.

Ali, reunidos os sacerdotes e levitas, mostrou-lhes o estado em que estava o Templo, cheio de lixo e sujeira, luzes apagadas, uma casa abandonada.

A primeira coisa agora era a purificação e restauração dos sacerdotes e levitas para um novo começo, pois todos estavam fora de suas funções no Templo e cerimonialmente poluídos. Era preciso, antes de tudo, que se limpassem de acordo com as diretrizes legais, para poderem oficiar em o novo culto.

Em face de tudo que estava relatando, reconheceu ser a ira de Deus sobre a nação, e por isso estava resolvido a começar tudo de novo, fazendo aliança com Deus, para que a Sua ira se afastasse. Fez-lhes um apelo, como de pai, para filhos, para que não fossem remissos e se apresentassem para um culto decente e limpo de idolatria. Lá estaria bem à vista, o altar que Acaz mandara fazer, de acordo com o modelo de um que tinha visto em Damasco, e deveria ser a primeira coisa a ser removida.

Os levitas e sacerdotes mencionados por nome das principais casas sacerdotais congregaram seus irmãos, santificaram-se e determinaram por mãos à obra.

Estes chefes, que tomaram a si a empreitada de renovar o culto e tudo que lhe dizia respeito, devem ter-se constituído num grupo líder, não apenas nas coisas sagradas, mas até nos assuntos literários, pois em Provérbios 25.1 somos informados de que a época de Ezequias foi uma das mais ativas nos atos nacionais, legando-nos muitos provérbios e salmos.

Os sacerdotes entraram na casa do Senhor, dali tiraram tudo que era inútil e levaram ao ribeiro de Cedrom, para lá ser queimado. Uma turma de algumas dezenas de homens laboriosos e dispostos levou uma semana na limpeza, mas só no décimo sexto dia estava tudo pronto; portanto, dezesseis dias para limpar a casa do Senhor.

Não se trataria de pintura, como se faz atualmente, mas apenas remoção de destroços do culto cananita, que ali se praticou em larga escala nos dias do falecido rei Acaz.

No seu relatório ao rei, em palácio, declararam que tudo que Acaz tinha destruído já haviam sido reposto; o que ele quebrara havia substituído, e o altar do incenso, o altar dos holocaustos, a mesa dos pães da proposição, tudo estava em perfeita ordem. Uma verdadeira reforma, inclusive nas peças destinadas aos serviços cerimoniais. Portanto não apenas tudo estava nos seus lugares, mas cerimonialmente purificado. A profanação fora varrida do Templo do Senhor.

Diz-nos ainda a Palavra de Deus que Ezequias se levantou de madrugada, reuniu os príncipes da cidade, incluindo naturalmente, os sacerdotes e levitas, pois, sem estes, nada poderia ser feito. Mandou trazer sete novilhos, sete carneiros, sete cordeiros e sete bodes, para oferecer como oferta pelo pecado, a favor do reino, do santuário e de Judá, a nação pecadora, que havia permitido a um rei mau se entregar a tanta orgia pagã.

Mortos os animais, foi o sangue aspergido sobre o altar; entretanto, para a oferta pelo pecado, foram oferecidos os sete bodes, que, trazidos perante o rei e a congregação, os sacerdotes puseram as mãos sobre as suas cabeças, transmitindo-lhes o pecado e depois de imolados, levando o sangue ao pé do altar para expiação pelo pecado de Israel. Tudo conforme as prescrições de Levítico.

Ezequias estava satisfeito, e desejava que os trabalhos prosseguissem; portanto, rei e príncipes ordenaram aos sacerdotes que continuassem o seu serviço regularmente. Um avivamento se operou, e o povo trouxe ofertas em abundância; o número de animais que a congregação ofertou foi de 70 bois, 100 carneiros, 200 cordeiros, tudo para o holocausto. Então pergunto se estivéssemos lá que faríamos?

O interessante agora é que motivado e tudo restaurado o Rei Ezequias envia mensageiros ao povo. Os correios partiram a todo galope, por todo o Israel, convidando a todos para que viesse a Jerusalém celebrar esta fundamental festa da nacionalidade hebraica, a páscoa.

1.2 – O contexto geopolítico

Por Wilson Pacheco Sarmento

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada