Buscar esboços

Nossos Esboços

Central Gospel Jovens e Adultos – 3º Trimestre de 2018 – 12-08-2018 – Lição 6: Jeroboão, o Primeiro Monarca do Reino do Norte

10/08/2018

Esse post é assinado por Leonardo Novais de Oliveira

TEXTO BÍBLICO BÁSICO

1 Reis 14.7-13

7 – Vai e dize a Jeroboão: Assim diz o SENHOR, Deus de Israel: Visto que te levantei do meio do povo, e te pus por chefe sobre o meu povo de Israel,

8 – e rasguei o reino da casa de Davi, e a ti to dei, e tu não foste como o meu servo Davi, que guardou os meus mandamentos e que andou após mim com todo o seu coração para fazer somente o que era reto aos meus olhos;

9 – antes, tu fizeste o mal, pior do que todos os que foram antes de ti, e foste, e fizeste outros deuses e imagens de fundição, para provocar-me à ira, e me lançaste para trás das tuas costas,

10 – portanto, eis que trarei mal sobre a casa de Jeroboão, e separarei de Jeroboão todo homem até ao menino, tanto o escravo como o livre em Israel, e lançarei fora os descendentes da casa de Jeroboão, como se lança fora o esterco, até que de todo se acabe.

11 – Quem morrer a Jeroboão na cidade, os cães o comerão, e o que morrer no campo, as aves do céu o comerão, porque o SENHOR o disse.

12 – Tu, pois, levanta-te e vai-te para tua casa; entrando os teus pés na cidade, o menino morrerá.

13 – E todo o Israel o pranteará e o sepultará, porque de Jeroboão só este entrará em sepultura, porquanto se achou nele coisa boa para com o SENHOR, Deus de Israel, em casa de Jeroboão.

TEXTO ÁUREO

Contudo, levantou-se Jeroboão, filho de Nebate, servo de Salomão, filho de Davi, e se rebelou contra seu senhor. (2 Cr 13.6)

OBJETIVOS

Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá:

  • Conhecer as circunstâncias da ascensão de Jeroboão ao trono de Israel;
  • Compreender que, apesar de Deus ter permitido a divisão do reino israelita, Ele sempre enviou profetas para instruir e corrigir os habitantes do Reino do Norte;
  • Conhecer as principais características do reinado de Jeroboão e suas implicações;
  • Aplicar as verdades espirituais desta lição à vida cristã.

PALAVRA INTRODUTÓRIA

Paz seja convosco.

Estudaremos sobre o primeiro rei que governou o então dividido reino de Israel.

As glórias conquistadas por Davi e Salomão agora de nada valiam, pois, devido à idolatria e desobediência começada na vida de Salomão, o reino foi dividido e entregue nas mãos de Roboão (Reino do Sul) e Jeroboão (Reino do Norte).

A história do Reino do Norte começou errada com a idolatria e desobediência de Jeroboão e terminou na escravidão.

1 – O INÍCIO DA DECADÊNCIA DA PORÇÃO NORTE DE ISRAEL

Os exemplos que temos de nossos pais e pessoas que são importantes para nós, moldam muitos dos comportamentos que temos como adultos.

Roboão não foi um rei melhor do que seu pai e Jeroboão, que conhecia a história de Salomão e Davi, resolveu ser aquele que faria com que o povo se desviasse dos caminhos do Senhor.

Davi pecou de forma terrível contra o Senhor, mas, conforme estudamos, arrependeu-se e obteu o favor do Senhor.

Acreditamos que Salomão reconheceu seus erros e pediu perdão para o Senhor, porém, Jeroboão foi conhecido como aquele que levou o povo à prostituição espiritual.

Veja o que a Bíblia nos mostra sobre o início do governo de Jeroboão:

“Jeroboão fortificou Siquém, nos montes de Efraim, onde passou a morar. Depois ele saiu e fortificou Peniel. Jeroboão pensou: “O reino agora provavelmente voltará para a dinastia de Davi. Se esse povo subir a Jerusalém para oferecer sacrifícios no templo do Senhor, novamente dedicarão sua lealdade ao senhor deles, Roboão, rei de Judá. Eles vão me matar e voltar para o rei Roboão”. Depois de aconselhar-se, o rei fez dois bezerros de ouro e disse ao povo: “Vocês já subiram muito a Jerusalém. Aqui estão os seus deuses, ó Israel, que tiraram vocês do Egito”. Mandou por um bezerro em Betel, e o outro em Dã. E isso veio a ser um pecado, pois o povo ia até Dã para adorar aquele bezerro. Jeroboão construiu altares idólatras e designou sacerdotes dentre o povo, apesar de não serem levitas. Instituiu uma festa no dia quinze do oitavo mês, semelhante à festa realizada em Judá, e ofereceu sacrifícios no altar. Ele fez isso em Betel, onde também sacrificou aos bezerros que havia feito. Também estabeleceu lá sacerdotes nos seus altares idólatras. No dia quinze do oitavo mês, data que ele mesmo escolheu, ofereceu sacrifícios no altar que havia construído em Betel. Assim ele instituiu a festa para os israelitas e foi ao altar para queimar incenso. (1 Rs 12.25-33 – NVI)

Os primeiros atos de Jeroboão foram motivados pelo medo de perder o poder, que fora dado por Deus, pela ganância e apostasia.

A Bíblia nos diz que o coração do homem é perverso, leiamos:

“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá”? (Jr 17.9 – ACF)

1.1 – A revolta de Jeroboão

Não temos como fugir da lei da semeadura, pois, ela é extremamente rígida.

A tríade de satanás, ou Síndrome de Lúcifer, como este comentarista gosta de citar, mostra que existem 3 coisas que fazem o coração do homem se perverter:

  • Dinheiro
  • Poder
  • Sexo

Salomão, havia colocado Jeroboão em uma posição de confiança em seu reinado, porém, quando ficou sabendo que o Senhor havia se revelado a ele por profecia, dizendo que o reino seria rasgado e dado a ele, tratou de matar Jeroboão, porém, este fugiu para o Egito, leiamos:

“Salomão tentou matar Jeroboão, mas este fugiu para o Egito, para a casa do rei Sisaque, e ficou lá até à morte de Salomão”. (1 Rs 11.40 – BV)

Quando Salomão morreu, Jeroboão voltou para Jerusalém e lutou em prol daqueles que viviam sob um governo opressor, no tocante aos altos impostos cobrados.

A Bíblia nos mostra que Jeroboão foi o responsável por reunir o povo para que este reivindicasse melhores condições, porém Roboão não o ouviu, vejamos:

“Logo que Jeroboão, filho de Nebate, que estava refugiado no Egito, para onde havia fugido do rei Salomão, tomou conhecimento disso, regressou das terras do Egito, de onde mandaram chamá-lo. Jeroboão e toda a comunidade de Israel vieram e pleitearam junto a Roboão: “Teu pai tornou pesado o nosso jugo; agora, alivia a dura servidão e a pesada canga que teu pai nos impôs, e nós te serviremos de bom grado!” Mas ele lhes replicou: “Esperai três dias e depois voltai a mim” . E o povo foi-se embora. O rei Roboão consultou os anciãos e conselheiros que haviam auxiliado seu pai Salomão durante sua vida, e questionou: “Que me aconselhas a responder a este povo?” E eles lhe sugeriram: “Se hoje te sujeitares à vontade deste povo, se te submeteres a lhes dirigires palavras de compreensão e cooperação, então eles serão para sempre teus servidores”. Contudo, ele rejeitou o bom conselho que os anciãos lhe deram e foi em busca da opinião dos jovens que foram seus companheiros de infância e agora o assessoravam. Indagou-lhes: “Que aconselhais que se responda a este povo que me trouxe esta solicitação: ‘Alivia o jugo que teu pai colocou sobre nossas costas’?” Prontamente os jovens que haviam sido educados e crescido com ele afirmaram: “Eis o que dirás a este povo que te reclamou: ‘Teu pai tornou pesado o nosso jugo, mas tu podes aliviar o nosso fardo!’ Ora, eis o que deves responder: ‘Meu dedo mínimo é mais grosso do que a cintura do meu pai! Sendo assim, meu pai vos sobrecarregou com um jugo pesado, mas eu aumentarei ainda o vosso fardo; meu pai vos castigou com açoites, eu, todavia, vos açoitarei com chicotes com pontas de ferro, os escorpiões!’” Jeroboão e todo o povo se apresentaram perante Roboão, no terceiro dia, de acordo com a ordem que ele dera: ‘Voltai a mim daqui três dias’. Porém o rei respondeu duramente ao povo, rejeitando totalmente o conselho dos anciãos e experientes conselheiros. E, seguindo a opinião de seus jovens amigos e assessores, declarou ao povo: “Meu pai tornou vosso jugo pesado, eu o farei ainda mais difícil: meu pai vos castigou com açoites, mas eu vos repreenderei mediante chicotes com pontas de ferro, os escorpiões!” Assim, o rei não ouviu o povo; porquanto era uma disposição do próprio Yahweh que assim fosse, a fim de cumprir a Palavra que Ele revelará a Jeroboão, filho de Nebate, por intermédio do silonita Aías”. (1 Rs 12.2-15 – KJA)

A causa humana da separação entre as tribos começou neste episódio.

1.2 – A instituição de uma falsa religião

Por Leonardo Novais de Oliveira

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada