Ensinando e fazendo Missões

Buscar esboços

Nossos Esboços

Betel Jovens – 4º Trimestre de 2018 – 11-11-2018 – Lição 6: O Deus de maravilhas

05/11/2018

Esse post é assinado por Carlos Henrique Soares

TEXTO DE REFERÊNCIA

Os patrões da jovem, vendo que tinham perdido a esperança de lucros, agarraram Paulo e Silas e os arrastaram à praça principal, diante dos chefes da cidade.

 Apresentaram os dois aos magistrados, e disseram: “Estes homens estão provocando desordem em nossa cidade; são judeus

 e pregam costumes que a nós, romanos, não é permitido aceitar nem seguir.”
 A multidão se amotinou contra Paulo e Silas, e os magistrados rasgaram as vestes deles e mandaram açoitá-los com varas.

 Depois de os açoitar bastante, os lançaram na prisão, ordenando ao carcereiro que os guardasse com toda a segurança.

 Ao receber essa ordem, o carcereiro os levou para o fundo da prisão e prendeu os pés deles no tronco.

 À meia noite, Paulo e Silas estavam rezando e cantando hinos a Deus; os outros companheiros de prisão escutavam.

 De repente, houve um terremoto tão violento que sacudiu os alicerces da prisão. Todas as portas se abriram e as correntes de todos se soltaram.

O carcereiro acordou e viu as portas da prisão abertas. Pensando que os prisioneiros tivessem fugido, puxou da espada e estava para suicidar-se.

 Mas Paulo gritou: “Não faça isso! Nós estamos todos aqui.”
 Então o carcereiro pediu tochas, correu para dentro e, tremendo, caiu aos pés de Paulo e Silas.

Conduzindo-os para fora, perguntou: “Senhores, que devo fazer para ser salvo?”

Paulo e Silas responderam: “Acredite no Senhor Jesus, e serão salvos você e todos os da sua casa.”

Então Paulo e Silas anunciaram a Palavra do Senhor ao carcereiro e a todos os da sua casa.
 Na mesma hora da noite, o carcereiro os levou consigo para lavar as feridas causadas pelos açoites. A seguir, foi batizado junto com todos os seus. 

At 16.9-33 Bíblia Católica

VERSÍCULO DO DIA

de repente houve um grande terremoto; a prisão foi sacudida até os alicerces, todas as portas se abriram de repente – e as correntes de todos os presos caíram!

At 16.26

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Compreender – Que o povo de Deus sempre foi perseguido.
  • Entender– Que Deus protege os seus.
  • Descobrir – Que Deus ainda opera maravilhas.

INTRODUÇÃO

Um aspecto muito reconfortante do governo soberano de Deus sobre o universo é sua capacidade de trazer bons resultados em circunstâncias ruins. Isso é especialmente verdadeiro quando o seu povo sofre perseguição. Deus “faz com que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” ( Rom. 8:28 ), muitas vezes, fazendo “a ira do homem … louvar a  [Ele]” ( Sl. 76:10 ). A Deus seja a Glória….

1 – EXPULSAI DEMONIOS

Observe que nunca foi dito para implorar ou persuadir os demônios a sair, nem nos é dito para orar e pedir a Deus para removê-los, mas nos é dito para lançá-los para fora! Mt 10:8: “Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios: de graça recebestes, de graça dai.” E também olhar para Mc 16:17: “E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios …”

Lc 09:01: “Então, ele chamou os seus doze discípulos e deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios …”

Lc 10:17: “E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, até os demônios se nos submetem pelo teu nome.”

1.1 – Uma jovem adivinhadora

No lugar onde os judeus regularmente se reúnem para oração (At 16.13), Paulo e seus companheiros confrontam uma escrava. Esta jovem tinha sido vendida em escravidão e é descrita por Lucas como tendo um “espírito de adivinhação”. Literalmente, o original grego indica que ela tem “um espírito de píton” (pneuma  pythona).

A palavra “píton” era usada originalmente na mitologia grega para se referir à serpente que guardava o lugar sagrado em Delfos onde eram dadas profecias divinas. O píton havia sido morto por Apolo, o deus da profecia. Depois, a palavra era usada para designar a pessoa que tinha poder para predizer o futuro, a qual se pensava que era inspirada pela serpente chamada píton (I Sm 28:7).

Lucas reconhece que a escrava tem um espírito que a capacita a ler a sorte e predizer o futuro. Não há dúvida de que este caso é um exemplo de possessão demoníaca. Pelo fato dela poder “profetizar”, ela está em grande demanda e provê renda lucrativa para seus senhores.

A escrava se comporta como os endemoniados na presença do Senhor (Mc 1:24; Lc 4:41; Lc 8:28). Inspirada pelo espírito maligno, todos os dias ela segue Paulo e os outros missionários enquanto eles ministram. Ela reconhece quem são os missionários e repetidamente proclama: “Estes homens, que nos anunciam o Caminho da Salvação, são servos do Deus Altíssimo” (At 16.17).

1.2 – Uma vida liberta

A proclamação da escrava se repete por vários dias. Nenhuma explicação é dada sobre por que Paulo espera muitos dias antes de lidar com ela. Pode ser que a princípio, ele a tenha considerado inofensiva, ou é possível que o Espírito Santo não o tenha direcionado a expulsar o espírito maligno. Quando ela persiste em seguir os missionários, Paulo fica profundamente perturbado. Cheio do Espírito Santo ele expulsa o espírito de píton “em Nome de Jesus Cristo” (At 16.18)

Paulo tendo o discernimento espiritual, expulsa o demônio e acaba  com a exploração da jovem que dava lucro a seus senhores. O que é feito com ela, não nos é informado; mas em gratidão por tão grande libertação ela deve ter ficado sob a influência de Paulo e mulheres como Lídia (At 16.13-15).

O interesse de Lucas é mostrar que o Senhor continua trabalhando por Paulo como trabalhou pelos outros apóstolos em anos anteriores (At 3:6; At 4:10). Lucas também usa o relato para chamar a atenção às repercussões que o milagre terá sobre Paulo e seus companheiros.

2 – LEVADO A PRISÃO  

Por Carlos Henrique Soares

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada