Ensinando e fazendo Missões

Buscar esboços

Nossos Esboços

Betel Adultos – 2º Trimestre de 2018 – 27/05/2018 – Lição 9: É preciso buscar crescimento espiritual

24/05/2018

Este post é assinado por Leonardo Novais de Oliveira

TEXTOS DE REFERÊNCIA

1 Pedro 1.23-25

Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre. Porque toda a carne é como a erva, e toda a glória do homem como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor; Mas a palavra do Senhor permanece para sempre. E esta é a palavra que entre vós foi evangelizada.

1 Pedro 2.1,2

Deixando, pois, toda a malícia, e todo o engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações, Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo.

TEXTO ÁUREO

Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. (2 Pe 3.18) 

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Enfatizar a importância de estar em Cristo e a necessidade do crescimento.
  • Ressaltar que o processo de crescimento espiritual é contínuo.
  • Destacar que a Palavra de Deus nos incentiva ao crescimento espiritual.

INTRODUÇÃO

Olá irmãos (ãs), Paz seja convosco.

Nesta lição eu, Ev. Leonardo Novais de Oliveira, terei a honra e a responsabilidade de comentar a lição de número 9, da Editora Betel.

Que o Senhor nos abençoe ricamente em Cristo Jesus!

A lição desta semana fala sobre o crescimento e, com exceção de Adão e Eva, que foram criados desenvolvidos fisicamente, TODOS os seres humanos, animais irracionais e plantas, nascem, crescem e morrem.

Sendo assim, TODOS nós precisamos crescer e existem várias áreas envolvidas no crescimento, porém, dedicaremos nosso estudo a área espiritual.

1 – O QUE SE ESPERA DO NASCIDO DE NOVO?

Assim como uma criança recém-nascida, o nascido de novo, ou seja, aquele que se converteu a Cristo, está iniciando uma nova trajetória, dantes desconhecida. Tudo é novo e diferente, mas completamente cheio de vida.

Da mesma forma que um bebê precisa alimentar-se para ter condições de vida, o novo convertido também precisa e o alimento espiritual é riquíssimo em nutrientes que farão com que sua vida seja abundante.

Os bebês não conseguem alimentar-se sozinhos e, fazendo um paralelo, o novo convertido de certa forma também não, pois apesar de no mínimo ser uma criança pequena e já compreender algumas verdades, o novo convertido precisa do auxílio do Espírito Santo, da Palavra e de pessoas interessadas em seu crescimento.

Leiamos alguns versículos:

“Quem se alimenta de leite ainda é criança, e não tem experiência no ensino da justiça. Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal”. (Hb 5.13,14 – NVI)

“E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens”? (1 Co 3.1-3 – NVI)

“Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino”. (1 Co 13.11 – NVI)

“Não vos deixeis levar em redor por doutrinas várias e estranhas, porque bom é que o coração se fortifique com graça, e não com alimentos que de nada aproveitaram aos que a eles se entregaram”. (Hb 13.9 – NVI)

“Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento”. (1 Co 14.20 – NVI)

Desta forma, fica evidente que todo novo convertido precisa ser cuidado e alimentado com o puro “leite” da Palavra de Deus, bem como ensinado por aqueles que foram chamados por Deus para exercer o ministério do ensino (Ef 4.11-13).

NUNCA SE AUSENTE DAS ATRIBUIÇÕES DE SEU CHAMADO

1.1 – Jesus Cristo experimentou o crescimento

Jesus nasceu do ventre de Maria em um estábulo na cidade de Belém de Judá, vejamos:

“Jesus nasceu na cidade de Belém, na Judéia, durante o reinado do rei Herodes. Por naquele tempo, alguns sábios das terras do Oriente chegaram a Jerusalém, perguntando: “Onde está o Rei dos Judeus recém-nascido! Pois nós vimos a sua estrela nas distantes terras do Oriente, e viemos adorar o Menino”. (Mt 2.1,2 – BV)

Pouco sabemos sobre a vida de Jesus como criança, a não ser pela passagem abaixo, mas sabemos que Ele começou seu ministério terreno com trinta anos de idade e por isto, fica claro que foi necessário um período de crescimento e aprendizado para que o Senhor começasse Sua obra.

“E o menino crescia, e se fortalecia em espírito, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele. Ora, todos os anos iam seus pais a Jerusalém à festa da páscoa; E, tendo ele já doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa. E, regressando eles, terminados aqueles dias, ficou o menino Jesus em Jerusalém, e não o soube José, nem sua mãe. Pensando, porém, eles que viria de companhia pelo caminho, andaram caminho de um dia, e procuravam-no entre os parentes e conhecidos; E, como o não encontrassem, voltaram a Jerusalém em busca dele. E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os. E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e respostas”. (Lc 2.40-47 – ACF)

Jesus foi instruído na Lei, pois seus pais eram judeus e esta passagem nos mostra que eles comemoravam a Páscoa como a Lei ensinava.

É fascinante o fato de Jesus ter tamanha sabedoria e conhecimento com a idade de 12 anos.

Lembremos que a sabedoria é dada por Deus (Tg 1.5), mas o conhecimento deve ser buscado nas escolas e de todas as formas possíveis.

As crianças judaicas começavam o aprendizado bem cedo e, por isto Jesus era instruído na Lei.

Leiamos o comentário do Teólogo Fritz Rienecker sobre este assunto:

“Jesus era e continuou sendo nazareno até atingir mais de trinta anos de idade. A maior parte de sua vida, portanto, ele permaneceu no anonimato. Mas uma história perpassa toda a reclusão desses 30 anos e a faz reluzir intensamente. A história do menino Jesus aos doze anos representa todo o seu desenvolvimento. A criança Jesus cresceu, não como um menino-prodígio, mas como um ser humano igual a nós, exceto no que se refere ao pecado. Jesus nasceu de maneira sobrenatural, e formou-se e cresceu de maneira natural. Sua encarnação não foi aparência e nem encenação, mas seriedade total. A história da adolescência do menino de doze anos que temos diante de nós lança luzes sobre o passado e o futuro. Seu brilho repercute a partir de seu nascimento sagrado, e é um esplendor que antecipa seu ministério futuro como Redentor”.

Leiamos o texto que fala sobre o início do ministério de Jesus:

“Jesus tinha cerca de trinta anos quando começou a sua actuação em público e era conhecido como filho de José”. (Lc 3.23 – O LIVRO)

Se o Filho de Deus necessitou crescer, imagine nós meros mortais…

Por Leonardo Novais de Oliveira

Para continuar lendo CLIQUE AQUI

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada