Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços

Central Gospel Jovens e Adultos – 4º Trimestre de 2018 – 07-10-2018 – Lição 1: O cristão e os valores eternos

05/10/2018

Esse post é assinado por Wilson Pacheco Sarmento

TEXTO BÍBLICO BÁSICO

2 Coríntios 13.1-8 1

1 – É esta a terceira vez que vou ter convosco. Por boca de duas ou três testemunhas, será confirmada toda palavra.

2 – Já anteriormente o disse e segunda vez o digo, como quando estava presente; mas agora, estando ausente, o digo aos que antes pecaram e a todos os mais que, se outra vez for, não lhes perdoarei, 3 – visto que buscais uma prova de Cristo que fala em mim, o qual não é fraco para convosco; antes, é poderoso entre vós.

4 – Porque, ainda que tenha sido crucificado por fraqueza, vive, contudo, pelo poder de Deus. Porque nós também somos fracos nele, mas viveremos com ele pelo poder de Deus em vós.

5 – Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis, quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados.

6 – Mas espero que entendereis que nós não somos reprovados.

7 – Ora, eu rogo a Deus que não façais mal algum, não para que sejamos achados aprovados, mas para que vós façais o bem, embora nós sejamos como reprovados.

8 – Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade.

TEXTO ÁUREO

Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver. 1 Pedro 1.14,15

OBJETIVOS

Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá ser capaz de:

  • Perceber como os valores são formados no ser humano;
  • Identificar a diferença entre valores éticos, morais e espirituais;
  • Conscientizar-se sobre os valores fundamentais da vida e, como cristão, praticá-los.

PALAVRA INTRODUTÓRIA

Is 5.20 – Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mail! Que fazem da escuridae luz, e da luz, escuridade, e fazem do amargo doce, e do doce o amargo!

Neste começo do século XXl, a humanidade está vivenciando uma era de relativismo exacerbado. O certo e o errado são conceitos que não fazem muito sentido para o homem da era pós-moderna. Tudo depende da pessoa, do tempo e do lugar. E mais que isso, o indivíduo a decidir sobre o que é certo ou errado, a seu critério, de modo individualista e subjetivo a todo o momento. Os programas de TV, por exemplo, “Você Decide”, estão na moda, com grande audiência por parte do público telespectador. Se a questão é posta diante de um ateu, de um dito agnóstico, ou de um religioso não cristão, talvez ele se posicione ao lado dos que acham que tudo deve ser visto de modo natural, sem preconceito, etc.

Uma revista de circulação nacional apresentou extensa reportagem, enfocando duplas de homossexuais, masculinos e femininos, em companhia de crianças por eles adotadas, de modo irregular, pois no país ainda não é legal a adoção e registro de crianças por pessoas do mesmo sexo. Vê-se sem muito esforço que a finalidade da matéria é passar para os leitores a ideia de que o homossexualismo é algo normal, e que é perfeitamente natural que, não tendo filhos biológicos, passem a buscar filhos adotivos, como já acontece em alguns países do chamado primeiro mundo.

Percebe-se que não existe a preocupação séria quanto à formação de uma criança, que é educada numa casa em que não existe a diferenciação entre sexos, faltando, assim, a figura do pai ou da mãe, tão importantes na formação da identidade de uma pessoa. A revista enfatiza que a opinião contrária é preconceito que não deve ser reforçado.

Esse é apenas um dos muitos fenômenos sociais que levam a sociedade a refletir sobre valores morais e éticos, os bons costumes ou maus costumes. Outros desafios continuam a se acentuar, tais como o aborto, a eutanásia, a pena de morte, a clonagem de seres humanos e outros que estão surgindo e haverão de surgir.

Contudo os valores da sociedade são extremamente relativista, lodoso e escorregadio, do qual não se sabe onde estão os limites a serem observados. Cumpre-se o versículo bíblico em que Deus condena os relativistas do tempo do profeta Isaías, que vimos supracitado.

Aplicação: Portanto o cristão, como sal da terra e luz do mundo, tem dificuldade em se movimentar num mundo em que os valores morais estão invertidos. Entretanto, tem a vantagem de não adotar como referencial ético a sociedade sem Deus. Enquanto os referenciais do mundo são movediços, instáveis e mutantes, ao sabor do tempo e do lugar, o guia infalível do crente em Jesus é a Palavra de Deus, que é lâmpada para os pés e luz para o caminho. Assim, um crente fiel não só deve fazer diferença, mas seu comportamento deve ser um exemplo para a sociedade. É grande a responsabilidade, perante Deus, a igreja e o mundo.

Para o crente em Jesus a Palavra de Deus é lâmpada e luz para o seu viver. Iniciaremos, com a graça de Deus, este estudo, mostrando uma visão geral do tema.

1 – A FORMAÇÃO DOS VALORES

Interessante saber que uma virtude que está ligada intrinsecamente ligada a formação dos valores é o caráter, e caráter, unida a personalidade, vejamos alguns pormenores.

Segundo o dicionário Aurélio, caráter é o conjunto das qualidades boas ou, mais de uma pessoa, e que lhe determinam a conduta e a concepção moral. O caráter é a característica responsável pela ação, reação e expressão máxima da personalidade. É a maneira de cada pessoa agir e expressar-se. Tem a ver com os princípios, valores e ética de cada um.

A personalidade unida ao caráter para formar valores pode ser definida como sendo a qualidade do que é pessoal. Ela é a nossa maneira de ser, ou seja, aquilo que nos distingue de outra pessoa. O caráter não é herdado. Ele é construído mediante a formação que recebemos.

Por isso a Palavra de Deus adverte: “Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se esquecerá dele” (Pv 22.6).

1.1 – Como são formados os primeiros valores

A criança nasce desprovida de juízo moral. O recém-nascido possui apenas uns poucos instintos:

  • Sugar;
  • Respirar;
  • Engolir;
  • Gritar e etc.

Pouco a pouco ela começa a aprender a distinguir o que é certo e errado, o que é bom ou ruim. Os pais têm um papel fundamental nesse processo.

Para início de estudo, é bom saber que valores cristãos são princípios, leis ou normas que regem a vida cristã fundamentados na Palavra e no caráter de Cristo Jesus.

Os valores desenvolver-se-ão através de um relacionamento entre o que passa a ser determinado, no lar, no ambiente em que a criança vive, e a descoberta a respeito de si mesma como pessoa.

A partir daí, não são mais os instintos que controlarão a criança, mas o comportamento aprendido por intermédio das outras pessoas. Quando o lar não é cristão, possivelmente a pessoa aprende alguns princípios fora da vontade de Deus. Deus deu aos pais responsabilidade no desenvolvimento dos valores morais e espirituais aos filhos(as).

A obediência é um princípio básico para os filhos que querem ser abençoados por Deus. “Vós filhos sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo” Ef 6.1.

Devemos honrar os nossos pais, mesmo quando percebemos que eles estão errados. Podemos questioná-los sem, no entanto, desrespeitá-los. Peçamos a Deus graça para poder perdoá-los.

Portanto os primeiros valores são formados quando os filhos obedecem aos pais e os honram por toda a vida. Este é o primeiro mandamento com promessa, porque obedecer e honrar são coisas diferentes, obedecer significa fazer aquilo que outro diz para fazer; honrar significa respeitar e amar sempre. Eis aí essa importante dica.

1.2 – Formação dos valores bíblicos

Medite comigo. Jesus veio ao mundo para salvar o homem da tragédia do pecado e aproximá-lo novamente de Deus. A salvação é um dom divino. Ela é fruto da graça divina. Pela fé em Jesus o homem recebe a salvação e se torna uma nova criatura, completamente transformada: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” 2 Co 5.17.

O caráter daqueles que, pela fé, nasceram de novo, é poderosamente transformado pelo poder do Espírito Santo. As Escrituras têm o poder de transformar o homem, pois somente elas podem penetrar em seu interior, o cristão tem como uma de suas características principais o amor a Deus e ao próximo. Quem não ama não conhece a Deus, ainda não teve seu caráter transformado e está em trevas, unida ao amor está à santificação, sem a qual ninguém poderá ver ao Senhor. Os que já experimentaram o novo nascimento devem viver de modo irrepreensível e a formação dos valores bíblicos se confirma.

1.3 – Formação dos valores éticos

Por Wilson Pacheco Sarmento

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Copyright Março 2017 © EBD Comentada